E existe a tal da felicidade...?



“A maioria das pessoas, quando são questionadas sobre o assunto, dizem: "Não existe felicidade, existem apenas momentos felizes". É o que eu pensava quando habitava a caverna dos 17 anos, para onde não voltaria nem puxada pelos cabelos. Era angústia, solidão, impasses e incertezas pra tudo quanto era lado, minimizados por um garden party de vez em quando, um campeonato de tênis, um feriadão em Garopaba. Os tais momentos felizes.


Depois que cumprimos as missões impostas no berço, passamos a ser livres, a escrever nossa própria história, a valorizar nossas qualidades e ter um certo carinho por nossos defeitos. Somos os titulares de nossas decisões. A juventude faz bem para a pele, mas nunca salvou ninguém de ser careta. A maturidade, sim, permite uma certa loucura. Depois dos 35, estamos mais aptos a dizer que infelicidade não existe, o que existe são momentos infelizes. Sai bem mais em conta.”


(Martha Medeiros)


Bom dia a todos...




1 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

Anônimo disse...

Eu nunca disse:"Não existe felicidade, existem apenas momentos felizes".
Mas eu digo o seguinte: "Felicidade eterna nao existe, o que existe sao momentos felizes que podem durar muito ou pouco."

No final e quase tudo a mesma coisa, nao?