O mar limpa a areia...

Hoje cedinho, fui ao mercado. Minha mãe tem um problema no joelho, o que a impede de subir aquelas escadarias irracionais do Carrefour. Deus, que gente burra (os que construíram). Em um bairro com metade da população idosa, há de se convir que deveria existir uma escada rolante...Enfim, fui comprar um baratinho de etiqueta adesiva para cd e saí com toalha e lençol (que obviamente estava precisando, porque gastar tem sido palavra quase excluída de minha vida proletária).


Peguei um taxi de casa até o Carrefour, que dá , quando muito, uns 8 minutos. Só por causa da bendita rampa que impede o joelhinho fofo de mamy's de se movimentar. Ok...do meio do nada, enquanto subíamos a rampa, o senhor taxista disse: " Alta a rampa...daqui a pouco eu vejo o Cristo..." Fiquei em silêncio.


E daí a idéia de agora...acho que memória é uma coisa que deveria ter compartimentos na mente. Bons e ruins...e qdo estamos em momentos ruins, este compartimento inimigo do batman, vem sempre à tona...e aí eu pensei, sim...o Cristo. Fui lá semana passada. Depois de mais de 15 anos sem ver a maravilha que é...valeu à pena? Sempre vale...mas hoje lembrar do Cristo, não me faz bem... E como o mar desarruma todos os castelos e aqueles corações que desenhamos na areia, que ele também possa apagar compartimentos da memória...


:(

2 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

Márcia disse...

O mar limpa mas remodela tudo, eu tento passar um mar de borracha em meu passado insano, mas as novas ondas dsenhadas me fazem rir, o q sempre será um santo remédio e é claro, o amor... bijus.

A.N.A. disse...

Menina pede pra ficar desmemoriada nao..rsrsrs.
Logicamente que tem lembranças que dependendo do momento que estamos vivendo são mais do que dolorosos (e acredite em mim sei bem do que to falando) mas eles também são a prova de que vivemos muitas coisas e sobrevivemos.
Um abraço carinhoso para acalmar esse coração choroso.
Bjs e abraços.
Muxuxus...lembrei disso agora..rs.