Pois, pois...



Meu Deus, não sou muito forte, não tenho muito além de uma certa fé — não sei se em mim, se numa coisa que chamaria de justiça-cósmica ou a-coerência-final-de-todas-as-coisas. 
Preciso agora da tua mão sobre a minha cabeça. 
Que eu não perca a capacidade de amar, de ver, de sentir. 
Que eu continue alerta. Que, se necessário, eu possa ter novamente o impulso do vôo no momento exato. 
Que eu não me perca, que eu não me fira, que não me firam, que eu não fira ninguém... 

[Caio Fernando Abreu]


Obs.: Obrigada Vi pelo texto...não conhecia este...E vem bem a calhar..

1 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

Caroline Leite disse...

Esse Trecho é lindoooo ♥
A comu do Caio http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=31980
Divirta-se com todos os textos e fragmentos dele =D
Bjooo t+ =D