Sabadão de nada a ser feito...


Amanhã é o dia da maior parada gay do mundo (ouvi isso em algum canto): em Sampa! Ok, graças fugi disso! Aliás, acho que já perdeu e muito o objetivo! Mas enfim, não vou por o dedo na cara de ninguém. Só que na minha opinião, é preciso mais e muito mais para sanar metade do preconceito que existe por aí. E preconceito não só com gays ou lésbicas...mas com tudo...com negros, com pobres, com a, b, c, d e etcétera.

Enfim..para quem vai...ótima parada!

E Michael Jackson foi absolvido no julgamento!!! Pasmem! Sem comentários...

E to com vontade de comer canjica...e pasmem! Minha tia fez pra mim!

E to vendo " O Diabo Veste Prada" pela milionésima quatrocentésima vez...pasmem!



3 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

Ali disse...

Dri, vc sabe que eu não sou e nunca serei de levantar bandeiras e o qto detesto ONGs e grupinhos que fazem isso. Só fazem aumentar segregação. E essa tal "Parada do Orgulho Gay" me faz sentir vergonha, assim como manifestações tipo o beijaço. não se busca respeito agridindo, fazendo baderna e sujando a rua em uma imensa rave. Respeito só se consegue respeitando. Um vez li uma declaração do Sérgio Britto, ator e direitor de teatro, homossexual em que ele dizia: "Eu não sou gay! Gay são bichinhas frescas que gostam de fazer escândalo e chocar as pessoas. E disso eu não me orgulho. Sou homossexual." Concordo com o Sérgio, ser homossexual ou não é uma parcela tão pequena de nós e eu tenho coisas tão mais importantes e profundas pra me orgulhar na minha vida e são tão maiores que as pessoas que me conhecem não me julgam pela minha opção sexual e sim por quem eu sou e pelas minhas atitudes como cidadã, amiga, filha, irmã, profissional e mulher. E seria bom que todas aquelas pessoas que estão no meio da Av. Paulista tivessem o mesmo empenho em mudar o mundo com pequenas atitudes do que tem pra participarem do circo e da festa que elas criaram.
Beijos... amutu!

Ali disse...

Ah sim, completando...
Preconceito, infelizmente é algo que sempra vai existir e que ao meu ver só aumenta com atitudes que chocam o outro ou caricaturam a imagem dos homossexuais. Mas isso é uma discussão pra várias páginas de texto....
beijos.

Afrodite disse...

Sabe que tbm não curto muito a parada, pois há muito tempo ela mais virou um carnaval fora de época do que lutar contra o préconceito, e como a Ali mesma disse, isso é algo que sempre vai existir e não é jogando isso na cara das pessoas que vai fazer mudar. Pois me diz, alguém já parou perguntar como que as pessoas veem a parada? Por que no dia da parada parece tudo bonito, todos não ligam de ver um casal homoafetivo trocar carinhos, beijos? E o resto do ano vemos homossexuais serem agredidos, descriminados e até mortos. E em um único dia vemos tudo como arco-íris e alegria, sendo que no dia seguinte é como se tudo fosse em vão, e a sociedade volta a julgar as pessoas... bjs e esse assunto da muito para se discutir.