Isso tudo é só porque...Rio eu gosto de você...

Vivo falando de Salvador (que amo igualmente), mas ontem me dei conta que ainda não expressei com fervor meu amor pelo Rio. Me dei conta voltando de uma consulta médica na Glória. Quando entrei no consultório, dei de cara com um visual maravilhoso da Guanabara, precedida pelo aeroporto Santos Dumont. Um mar lindo de furta cor (fazia sol).

E resolvi voltar pela orla carioca. E aí fui me re-apaixonando (tem hífen?) pela minha cidade. Tinha deixado todo este amor de lado. E me culpei por isso. Copacabana é uma menina senhora, já repararam? Aquele calçadão inserido em várias peças publicitárias (tinha que puxar minha sardinha), fotos jornalísticas, sites e afins, é um deslumbre. Aquela faixa de areia que cansa só de você pensar em ir à água, as pessoas felizes (se não o são fingem bem como o poeta), bonitas, saudáveis (porque estão na água de coco ou caminhando ou ainda pedalando e ainda correndo), sol, aquele cheiro de mar que só tem aqui. De longe a gente vê o pão de açúcar...aquele monumento ditado pela natureza de uma altura que eu não chegarei a saber qual é. Sim, não to muito a fim não.

Ipanema e Leblon, pra mim, são mais chiquetosos, solenes. Ipanema é uma moça eclética, porém cult e fina. Leblon é uma senhora fashion. E os calçadões mudam, mas necessariamente o climão de Rio continua. “ Ela é carioca, ela é carioca..olha só o jeitinho dela andar”...sim..e deles! Carioca tem uma ginga , um bem estar de “ to sem um conto no bolso, mas to no Rio”.

E a cidade está engarrafada! Ok e quem se preocupa com o engarrafamento na subida da Niemeyer? Pode ficar parado aí meu rei...tem problema não. Só se vê aquele marzão do final do Leblon, começo de São Conrado te dando boa noite.

Rocinha iluminada. Sim, sem balas perdidas, sem tiroteios pesados, sem tanques de guerra na rua. Infelizmente, o Rio é pessimamente vendido em certos momentos (ou devo dizer em todos?). E o que acontece? Você fica com medo de se encontrar com uma bala perdida e não conhece uma das cidades mais belas do Brasil..fazer o quê?

São Conrado ostenta a Rocinha, a praia do Pepê, o badaladíssimo Fashion Mall e a Pedra da Gávea. Pular lá de cima é algo incompreendido pelo nosso consciente de tão energizante...experimentem! Antes de chegar à Barra uma ponte que eu AMO...que liga os dois bairros. Ela vem incrustada quase dentro de uma rocha e do outro lado...mar, mar..o final de São Conrado e o começo da Barra.

Enfim, o Rio é lindo..é energizante, é apaixonante...e olhe que nem comentei do Cristo e do Jardim Botânico, da Lagoa ou ainda do Largo do Boticário. Vale à pena a emoção seja do calçadão de Copa com aquele homem que constrói palácios enormes na areia, seja a bossa que rola no ar pelas ruas do Leblon...Venha e enjoy it!

A foto? Sim ...Jorge Amado curtindo a vida em Copa...

1 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

valter tonhá disse...

KKKKKKKKKK

FOFÍSSIMA! PARECE QUE SEGUNDO O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO NÃO TEM HÍFEN... MAS SABE DEUS!

SIM, AINDA VOU SENTIR ESSE AMOR DO RIO... MINHA ALMA AINDA CANTARÁ VENDO O RIO DE JANEIRO! PORQUE RIO, VOCÊ FOI FEITO PRA MIM...