Curiosidade...


Acordei ainda com mega gripe. E to vendo que esta é daquelas que sobrevivem a tudo: Coristina, Benegrip, mel, pitanga, Adnax, Amoxilina...sim me sinto uma farmácia ambulante. E graças os 40 graus diminuiram para 35 pelo menos hoje. Cinco graus aqui no Rio? Quem nunca esteve aqui não sabe como conta essa diferença de 5... Confesso que não sei lidar com gripe, mal estar, dor de cabeça e garganta com o calor que tá. A gripe e o medo de uma garganta ferrada ainda mais, me impedem de ligar meu ar condicionado. E ele tá lá..todo se querendo pra mim...

Ontem fiquei irritada, mau humorada pencas por causa dessa gripe + calor. Me acalmei vendo um desenho no Disney Channel (sim queridos, AMO desenhos). Depois parei para pensar em como fico curiosa com uma coisa: como as pessoas que até então, pensamos que conhecemos de trás pra frente, mudam da gasolina pro oleo diesel. De repente...

Não sou uma pessoa curiosa. Nunca fui. Pergunto uma vez, a pessoa n quer dizer ou mostrar, eu automaticamente falo: Ok, qdo quiser falar ou mostrar, chame. Graças não sofro desse mal. Porque para mim, curiosidade é um mal. Conheço pessoas que ficam doentes querendo saber ou ver algo. Enfim, neste aspecto de "como as pessoas mudam de uma hora para outra" sou mega curiosa.

Passo tempos do lado da pessoa, convivendo, conversando, ajudando no que seja...e de repente, eis o monstro do lago Ness ressurgindo. É impressionante a capacidade que certos seres humanos tem de mudar e , pior, mudar para cima de quem sempre lhe estendeu a mão. Isso é desconfortável. Um dia eu disse a um grande amigo " Sinceramente? To perdendo a fé no ser humano". E acho que perdi um pouco. Acho que ando mais cética, mais na minha, mais inerte no que eu tenho que fazer..e só.

Quando ouço certas coisas, vejo alguns posicionamentos, não reconheço certas atitudes...me pego pensando: como essa pessoa pode se transformar assim? Resta a resposta: ela não se transformou...você que nunca viu como deveria. É...tem fundamento. Mas ainda sei que não sou essa pessoa tão aérea assim que jamais teria notado qualquer disfunção na personalidade da criatura...

Enfim...ontem me peguei pensando nisso. E depois desta experiência (dentre tantas outras que já tive) resta uma dica: observe! Sempre..a todo momento.. Observe! Fique atento a traços que, naquele momento, podem ser gracinha...Estes gestos "gracinha" podem ser um traço certeiro do que virá lá na frente. E creia..pode não ser bom!

Que a semana se desenvolva com vontade de viver...(assim que la merde da gripe passar)...

That's all folks

4 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

Fau Macedo disse...

Oi minha flor!
É, sua curiosidade é partilhada comigo!
Eu sei um pouco o que se passa na cabeça dessa pessoa (Se essa não for eu!), afinal eu também sofro de lapsos de alegria e tristeza. Mas não de desvio de personalidade!
O que entendo é o seguinte, a verdade é que a criatura nunca teve outra personalidade, mas sim tinha (ou melhor tem) uma discimulação nata, e como sabemos que mentira é igual a uma plantinha que temos que ficar regando, renovando e podando para que ela não morra e a verdade venha a tona!

sinto_encanto disse...

Reiii...
Se quiser Tatu te manda a cueca puiquininha vermelhinha dele pra tu fazer um chá pra curar de vez esta gripe...rsrs

Te Amooo!!!

ps: num posta isso pelamor...

Anônimo disse...

Oi Dri, de fato como pessoas mudam de uma hora para outra. Mas não perca a fé não, temos que continuar acreditando que pessoas podem ser de verdade. Ótima semana.bj

Adorei seu blog, suuper show! rs adorei a forma que escreve. Tô te seguindo no twitter também. Beijos e Parabéns!

http://falabah.blogspot.com/