That's it...


Tem horas que a gente pensa tanto que parece que a cabeça vai fundir. Essa noite foi uma destas...demorei quilos de tempo pra dormir. Fiquei viajando num monte de coisas...o passado (leia-se cinco anos pra cá) voltou todinho à minha cabeça com detalhes ricos. E isso, quando acontece é o caos! Começo a observar onde errei (porque não saí no tempo correto daquela montanha russa), onde deveria ter dito não, onde poderia ter deixado de lado uma rusga..etc e etc. E isso remexe muito com meu senso de tudo! É aquela velha frase " quem vive de passado é museu". Mas quando um fato presente desencadeia todo um pensamento, complica!

Acho que tudo nessa vida depende muito de como você se posiciona, como você se direciona para o que você realmente quer. Hoje eu quero uma coisa nessa vida e to trabalhando muito por ela. Não que seja dificil..pelo contrário. É tão diferente de tudo que vivi neste espaço de 5 anos que fica prazeroso viver isso. Só que quando acontece alguma situação, que não é lá "2012", mas que me tira do eixo e me faz reviver estes benditos 5 anos recentes...complica. Pra que eu volte a pensar normalmente chega a ser dolorido.

Não to puta, nem irritada...to chateada e é só. Disso não farei um cavalo de batalha. Mas ontem, quer dizer hoje de madrugada, parei para pensar: como somos frágeis né? Eu sou, não sei você...mas sou sensível e bem frágil quando o assunto é momentos dolorosos que voltam à mente. As pessoas desses tais momentos não me fazem mal algum hoje mais. Com uma delas até reencontrei e foi legal ver que não sobra mágoa nenhuma. Que hoje podemos, quem sabe, construir uma amizade massa! O que me deixa pra baixo é reviver mentalmente, tudo que passei. Ou melhor, que ME DEIXEI passar. Porque é a lenda verdadeira: nós é que somos burras e nos deixamos passar por aquilo ali, portanto meus jovens, não culpem o outro! Culpem o espelho! Do outro devemos pensar: ´pois..perderam uma grande pessoa...eu! Azar o dele (a).

E no fim disso tudo a gente pesa quem existe hoje em nossa vida. Pesei. Uma criaturinha especial mesmo. Do todo, eu tiro tudo! Dificil dizer isso, mas em 5 anos já tinha perdido a esperança de conhecer alguém tão centrado, equilibrado e com tanta sinceridade (apesar de ter atropelos bestas vez ou outra, como ontem) pra dar. Achei que ia viver muito tempo meio errante, mas aprendendo sempre. Dor faz a gente aprender, por mais que vocês que são Cinderelas e Príncipes Encantados não achem isso. Dor é bom! Como o erro é nosso, vale aprender pra não repetir o erro.

Enfim, fica a lição (da noite super mal dormida) que apesar do jeito estranho q acordei, a gente sempre tem que manter a esperança de que podemos sim encontrar uma pessoa que valha realmente à pena. Encontrei. Não sei dizer nem a mim mesma por quanto tempo. Mas que seja sempre verdadeiro, carinhoso, amoroso, sincero, saudoso do jeito que tem sido. Porque quando você ama mesmo uma pessoa, não importa muito. Importa que tudo pode ser modificado, tudo pode ser equilibrado. Está ali na sua frente, a pessoa que você escolheu para este seu momento de vida. Ou que escolheu você...no meu caso, ainda tenho essa dúvida. E sempre que rola um pé que volta atrás de onde eu já estava, vale deixar a emoção de lado e pensar com a cabeça: para tudo existe uma explicação. Por mais que ela não lhe seja compreensível de imediato, em algum momento sua cabeça vai pesar e você vai ver que se explicado está, do jeito da pessoa, é porque deve ser verdade...

That's it folks...o dia é ENORME hoje...
Ótima semana!

5 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

Caroline. disse...

muito bom =D

Anônimo disse...

rs - muito bom mesmo. Ótima
semana pra ti também.

Anônimo disse...

Roubaram meu Anônimo, o Anônimo de verdade sou Eu...Acredito que esses 5 anos não tenham sido o suficientes para livrar os 5 anos atrás.
Você já parou para se perguntar o que errou, em que errou, se errou e se foi você que errou?
Na verdade Adriana...todos nós erramos...eu tb me arrependo de muita coisa dos 5 anos atrás...

Cau disse...

É Dri, parece que ontem partilhamos da noite mal dormida e das escolhas...hoje não vejo saída para o problema q estou vivendo...mais sei lá amanhã..
beijocas e BOa sorte na sua jornada...Xaudades baixo astral suave..

Anônimo disse...

Ótimo texto da pra ver que é de uma tipica escorpiana, assim como eu sou.