Perdi a hora...


Perdi a hora hoje. Por um lado foi péssimo porque me atrasa o dia, por outro foi reconfortante para a agonia que eu vinha tendo. Não sei ela sumiu, mas que acalmou horrores , isso foi... Venho em um pique de trabalho alucinante. Plantando sementes no meu site (que ainda não me pagou o trabalho todo que tenho diariamente com ele, rsrs), cuidando de contas de clientes importantes. Enfim, não tenho tido tempo para os amigos, para sorrir sem querer, nem de atender uma ligação. E isso vem me fazendo muito mal porque eu gosto de compartilhar coisas com pessoas que gosto, que amo...

E neste tumulto emocional, perdi a hora hoje! O que me deu a oportunidade de ver se o cabelo de Ana Maria Braga estava prestando. Uma matéria sobre uma menina de rua que salvou uma criança de ser violentada e o Mais Você, quase que em agradecimento, a internou em uma clínica de reabilitação. Sim, voces me dirão: "Ah, esquema de Natal. É preciso manter a audiência e talz". Não importa! O que realmente importa é que, se por audiência ou não, a menina está sendo cuidada. Teve, pela primeira vez na vida, a chance de renascer.

A história toda passou (mãe, namorado, filha de 3 anos, etc). Fiquei pensando e falando sozinha no meu quarto: tá reclamando do quê mesmo Adriana? E não soube responder. Reclamar do quê exatamente? Da dificuldade de pagar minhas contas? Todos temos... Da vontade de comprar um carro para me dar um pouco mais de conforto e ainda não ter dado? Quem não sofre com isso?...Da saudade do meu avô, da minha tia, da minha mãe? E todos não desencarnam?

A partir disso fui prestando contas da minha vida para mim mesma em intensos 15 minutos. Cansaço, falta e saudade de alguns grandes amigos, vontade de que a dor na coluna passe...é tão pouco perante a quantidade de coisas que acontecem com tantas outras pessoas. Tão pequeno tudo que anda acontecendo em minha vida... Quando a gente vê uma matéria destas, crê mais uma vez que Deus realmente existe, porque anda cuidando muito bem da gente. Pelo menos de mim...me restou pedir desculpas a Ele pela falta de sensibilidade com os outros. Os que realmente tem problemas. Não com os que só sabem reclamar e não mudam, não se reciclam, não se desenvolvem, não cuidam de si mesmos. Para estes, a fogueira! Falta de posicionamento e força de vontade com a vida, é uma das coisas que me deixa irritada...

Não, isto não é , ainda, uma mensagem de Natal. Nem falei no Rei e nas rabanadas...então, não é nada natalino este texto. Nem é uma inspiração de final de ano..sempre rola isso ne? É uma percepção do que ando reclamando, do que ando procurando, do que ando observando em minha vida...

Desabafo matinal, creio eu!

Inté folks...tenho trabalho a lot!

6 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

Caroline. disse...

A gripe não permite que eu comente algo descente, mas que bom que a menina tá sendo tratada ;)
Beijão =*

Vez ou outra tenho esse insight. Tomo consciência de q meus problemas não são tão grandes, ou pior, estou inventando coisa para me preocupar. No meio de ano uma amiga avisou q se internaria para uma quimioterapia, de novo. Isso me fez repensar muitas coisas. Ela estava com um problema "de verdade". Cada vez tenho mais certeza de q Deus me ampara sempre, e com ambas as mãos.
Beijos, também tenho q voltar para o trabalho!

Sueli disse...

Muito bom esse seu ponto de vista eu vivo repetindo isso por aqui, as pessoas parecem que tem uma dificuldade imensa de abrir os olhos e enchegar a própria vida e só fazem reclamar...
Mas fim de ano é sempre muito bom renova as esperanças...pois não a cansaço que resista a ideia de uma nova chance, de tentar outra vez e de acertar dessa...
Beijos
Espero que tenha um ótimo fim de ano...

Cacau Loureiro disse...

Adorei o texto... e estou voltando as visitas ao teu blog depois de um curto "lapso", rs... e destaco estre trecho do que escreveste "Falta de posicionamento e força de vontade com a vida, é uma das coisas que me deixa irritada...". E andei irritada mesmo e também com gente assim, mas, a raiva passou e tem Natal, tem Roberto e rabanadas. Só não dá mesmo é pra comer pizza o ano inteiro neste país de Lula, bj!

Anônimo disse...

Zu
É nega, fico feliz ao ler textos tão verdadeiros como estes. Onde pessoinhas como vc, se colocam de verdade, sem mascaras, que falam do que vivem na realidade. E, ao vc fazer esta reflexão, faz para vc mesma, olha dentro de ti e ñ julga e somente cresce aquele que se vê, perdoa, ama com a alma com a verdade, não engana, não menti. Ai está à diferença. Vc trabalha, estuda, ri, dança, faz os outros felizes.. nossa vc me emocionou. E para sermos pessoas mais felizes não é preciso q se tenha os melhores bens e amigos materiais, pois elas sabem fazer o melhor das oportunidades que a vida lhes oferece. E na chegada de mais um ano nos dá a oportunidade de recomeçar...acreditar..amar sempre, mesmo com as decepções, as dificuldades da vida. Deus está contigo garota. Mto Axé. Bjs

Até que enfim consegui comentar aqui! lol
Adorei o desabafo, e muitos estão engasgados com tais palavras.
É aquela velha história, devemos valorizar o que temos. Agente tem tudo e reclama, e tem gente com tão pouco e agradece enlouquecidamente com coisas tão simples e sutis.
Feliz Natal!
Beijos