Vale o presente...

Eu estou enjoadinha o dia todo. Sei lá o que comi que me deixou assim...chuchu do estômago..mas aí me dedicaram uma música. E acho digno socializar... até porque AMO a música, o filme que a contém (que a contém é ótimo) Notting Hill . Mas só to socializando porque sou uma pessoa boazinha...me foi presenteada, então é minha! hehehe

E cabe também ressaltar alguns trechinhos pequenos que tem tuuuuudo a ver...

It's amazing how you can speak right to my heart

The smile on your face
The truth in your eyes
The touch of your hand
Let's me know that you need me..



1 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

Ain...cá estamos de novo...


Quem me conhece sabe que reconheço o Cirque du Soleil como uma das coisas mais emocionantes que já pude presenciar (pelas duas vezes em terras brasileiras).
Então, nem convém me prolongar...mas vale a leitura do texto que fiz para um portal baiano sobre a apresentação da companhia por lá!

Enjoy it!

Quidam em Salvador. A Bahia agradece!

(clique acima e siga para o Oxente Salvador)

0 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

Foi de sacanagem ne?

Redes sociais, RSS, Feed não sei o quê, agência digital, letter, twitter, blog (esqueci algo?)...foi tudo sacanagem com minha cara ne? Ah, Adriana será comunicóloga...vamos sacanear a moça! GZUZ, sem comentários...até pus esse desabafo tb no meu Twitter, mas vale aqui: as pessoas que inventaram isso tudo não tinham uma roupa pra lavar, uma louça pra secar, uma varanda pra varrer? Falem a verdade!!! Vivo nisso agora...e tenho dito!



0 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

Dia de cólica

Antes de mais nada devo dizer que esse plano infinity da TIM é algo! Fico séculos em interurbanos Tim e gasto só 25 cent's a cada ligação. Vamos aderir povo, realmente é muito bom!!!

Hoje to sem inspiração...coliquinha! E engraçado como exames, remédios e nada muda no quartel de Abrantes. Fora o meu mau humor, claro... E no meio disso tudo, ontem soube que o festival Perc Pan (um mega encontro de percussionistas) rola em setembro em Salvador. E o mais interessante disto tudo: estarei lá! Ou seja, to feliz antecipadamente! E ainda corro o risco de conseguir de vipão meu ingresso para o Cirque du Soleil no Rio em Janeiro...tentei em SSA para dar de presente e não consegui...hunfão.

Ou seja, não é qualquer cólica que vai me tirar do eixo: site vindo por aí, Gema Carioca indo bem obrigada, coração indo pacificamente (e quente) a frente...nem o Mastercard paga!

That's it folks!



1 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

"Perdeu-se uma mala cansada, com diversas expectativas dobradas dentro. Quem a encontrar, diga-lhe boa viagem..."


0 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

Pois é...


Vai um pedaço de uma música que tem TUDO a ver com meu momento....e não estranhem a imagem...tem a ver com a música...

Você é assim ..Um sonho pra mim. E quando eu não te vejo eu penso em você..Desde o amanhecer
Até quando eu me deito...

Eu gosto de você ...E gosto de ficar com você..Meu riso é tão feliz contigo (...)

E a gente canta, e a gente dança, e a gente não se cansa de ser criança...A gente brinca na nossa velha infância..Seus olhos meu clarão me guiam dentro da escuridão. Seus pés me abrem o caminho. Eu sigo e nunca me sinto só...

Você é assim...Um sonho pra mim...Quero te encher de beijos (...)



1 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

Vá ler um livro!


A palavra de ordem devia ser esta quando se trata de reallity shows (escrevi certo?). GZUZ, como ODEIO qualquer coisa desse tipo. De galinha a pessoas escorregando presas por Super Bonder (o que me faz ver que a cola realmente presta...publictitários em ação..so sorry..hehehe) em fios altos me irritam. Só se fala na tal Farm...Jeová eu tenho ASCO aquele menino que nem sei o nome, o boyzinho. Por que iria ver? A namorada do Latino é o ser humano mais estranho da face da terra...por que iria ver? O filho de Leonardo-Leandro é a coisa mais sem quê nem porquê. E eu que fui descobrir dia destes pela viciada minha irmã que Danni Carlos estava ali no meio...o que não faz a falta da maquiagem.

Enfim, ODILHO tal coisa. E quando vi a chamada do BBB 789? Ouvi a voz de Bial e me tremi toda. Vai começar essa titica de novo! Ou seja folks, eu sou completamente contrária a qualquer câmera que mostre você ate babando de noite, roncando, whatever!

Tanto livro bom pra ler, tanta pesquisa boa pra se fazer na net...afff...aliás indico dois:

* Impacto Profundo de Dan Brown

* Você está louco de Ricardo Semler (este é pro mkt..mas é tudo)

Por favor, desliguem Caminho das Índias, Paraíso e afins...abandonem The Farm...gostem de House, de Friends, de Marília Gabriela Entrevista, de Irritando Fernanda Young...Amém!



0 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

Existem coisas, pessoas, fatos que a gente simplesmente não consegue explicar...mas eles vem...acontecem...tomam espaço e quando nos damos conta, estamos sorrindo por dentro da forma mais sutil que pudessemos esperar...e isso é ALGO!

Muito boa noite a todos...



0 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

Sobre meu amor...


( A letra ta miúda então deixa ajudar: Para um cão não existem férias. Existe donos. Se vai de férias e não pode levar o seu cão, não o abandone. Visite o site da Zoófila e informe-se sobre o melhor local para deixá-lo em sua ausência. É o mínimo que o dono pode fazer pelo seu cão)

O meu amor é lindo...prático...diz a que vem (quando bem elaborado)...é tocante por vezes, em outras apenas, direto...o meu amor me toma completamente... sem precedentes, sem nenhum tipo de incompetência...e falei animadamente com o taxista que me trouxe do Galeão pra casa (por longos 20 min, o restante eu cochilei) sobre o que é ser publicitária. Ele adora o mundo e logo carregando uma apaixonadíssima. Aí tive que falar do meu amor...

Pensando nisso hoje cedinho, resolvi falar mais uma vez aqui sobre isso. O quanto amo e me completo com a publicidade. Nunca uma cadeira de faculdade foi tão pensada, alinhada, objetivada. Até porque passei pra História também em uma pública e optei por pagar Publicidade. E não me arrependo nem um tiquinho.

Dia destes estava dando uma revisitada (porque já li) no livro "Marca" de Zaragoza ou de Petit, me deu branco agora. Um livro antigo, mas que até hoje, a meu ver, não perdeu a forma nem o taco. Quem escreveu, um publicitário, claro. Se for Petit ou Zaragoza, eles são donos do P e do Z da agência DPZ (ai que branco do nome do autor). Uma das agências mais expressivas para mim. Daquelas que existem há séculos , mas que não perderam o jogo de cintura. E fica mais uma dica de livro: " Sem Logo" de Naomi Klein. Vale muuuito à pena também!

E a publicidade se renova sempre. Não tem jeito. Seja pelo boom das redes sociais, por inovações em mídias ou peças criativérrimas e inusitadérrimas. De qualquer forma, quem nunca se viu chamando Bombril em vez de palha de aço? Este poder que , inconscientemente, nos controla a mente é deslumbrante.

Certa vez vi um anúncio em algum destes raros (eeei, façam mais, please) de material para TV interessantes que falava sobre a importância de não ser só. De alguma ONG de " fala que eu te escuto". Pois bem, o cara vivia sozinho num vale. Noite destas ele resolveu assistir um programa de hipnotismo. E falou algo do tipo: " ok idiota, vou fazer o que o mestre manda pra n te deixar triste". E fez...só que o carinha da TV disse: " Agora você vai fechar os olhos e vai dormir. Só vai acordar quando eu estalar os dedos"...E o carinha dormiu...e a luz elétrica da casa acabou antes do hipnotizador estalar os dedos...E o carinha deve estar dormindo até hoje. Foi massa, porque veio só uma frase tipo carimbão na tela de " não fique só"...algo do genêro que não lembro.

Estes exemplos de coisas simples, mas que dizem tudo me encantam. Então quase como respirar, publicidade é um amor. Paixão não...paixão passa. Publicidade não! Lembro da minha época de faculdade quando era uma briga homérica com jornalistas e relações públicas. E lá, antes de ter aulas de mídia, eu tinha absoluta certeza que trabalharia em agência. Quando me dei conta, estava apaixonada por veículos! E o jornal foi meu primeiro namorado. Mas meu amor maior sempre foi a mídia. Quando descobri o que era um teaser, gozei! heheheh! Juro!

E a cada livro que comprava de mídia (sem o professor mandar) mais eu me apaixonava. As tabelas de GRP, de planejamento, tudo me encantava e cá estou ainda amando esse pedacinho do mundo que é a publicidade. E sou apaixonada também pelos criativos. Não levo o mínimo jeito para esta área, mas me inebria o jeito simples que eles (os que nascem verdadeiramente pra isso) tem de repassar uma idéia. Falo dos que NASCEM. Não venham me dizer que os criativos "acontecem" durante o processo. Ahhhh, conversa para bebe J&J dormir! Criativos já nascem sabendo-se criativos! E AMO as pessoas que pegam uma imagem e dizem tudo, sem maiores textos !

Ok...já babei horrores. Eu sei..mas é inexplicável ter como deixar claro que a publicidade me toma. A cada dia, a cada nova idéia que até então pensei que nunca poderia ter tido, a cada surpresa de pessoas que considero que tem tudo a ver com o mundo publicitário.

That's all folks!







2 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

Dar é dar.
Fazer amor é lindo, é sublime, é encantador, é esplêndido.
Mas dar é bom pra cacete.
Dar é aquela coisa que alguém te puxa os cabelos da nuca...
Te chama de nomes que eu não escreveria...
Não te vira com delicadeza...
Não sente vergonha de ritmos animais. Dar é bom.
Melhor do que dar, só dar por dar.
Dar sem querer casar....
Sem querer apresentar pra mãe...
Sem querer dar o primeiro abraço no Ano Novo.
Dar porque o cara te esquenta a coluna vertebral...
Te amolece o gingado...
Te molha o instinto.
Dar porque a vida é estressante e dar relaxa.
Dar porque se você não der para ele hoje, vai dar amanhã, ou depois de amanhã.
Tem pessoas que você vai acabar dando, não tem jeito.
Dar sem esperar ouvir promessas, sem esperar ouvir carinhos, sem
esperar ouvir futuro.
Dar é bom, na hora.
Durante um mês.
Para os mais desavisados, talvez anos.

Mas dar é dar demais e ficar vazio.
Dar é não ganhar.
É não ganhar um eu te amo baixinho perdido no meio do escuro.
É não ganhar uma mão no ombro quando o caos da cidade parece querer te abduzir.
É não ter alguém pra querer casar, para apresentar pra mãe, pra dar
o primeiro abraço de Ano Novo e pra falar:
"Que que cê acha amor?".
É não ter companhia garantida para viajar.
É não ter para quem ligar quando recebe uma boa notícia.
Dar é não querer dormir encaixadinho...
É não ter alguém para ouvir seus dengos...
Mas dar é inevitável, dê mesmo, dê sempre, dê muito.

Mas dê mais ainda, muito mais do que qualquer coisa, uma chance ao amor.
Esse sim é o maior tesão.

Esse sim relaxa, cura o mau humor, ameniza todas as crises e faz você flutuar

Experimente ser amado. ..


3 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

Não esqueço não...

Ontem recebi um torpedo falando que ao ouvir essa música, a pessoa se lembrava de mim. Achei fofo, mas quando parei para prestar atenção na letra (que já conhecia), pensei: não tenho porquê esquecer, rs. Ou seja, a música é linda, Nana cantando é emocionante, mas...eiiii, não esqueço não...





0 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!: