Plágio



Li um post de minha amiga Cau e vou plagiar aqui...a idéia, não a essência. Até porque as portas abertas que temos são para situações completamente diferenciadas. Por isso, o plágio se resume à idéia..

Eu sempre fui emocional demais. Um amigo me disse: quando você desligar o coração para pensar, tudo vai funcionar melhor em sua vida. Admito que ele está certo. Minha razão as vezes me vem a duras penas. Diria em momentos quase nunca equilibrados. Só quando estou na beirinha do tal poço interior. E ela surge, tal e qual fênix.

A questão é uma só...eu ainda estou de portas abertas. Seja do olhar, do coração, da mente, da audição, do corpo. Aquela sensação mágica de amor, de ternura, de amizade, de companheirismo e de puro carinho , ainda me invadem de tal forma que tudo pode ser modificado da melhor maneira possível (o que precisa ser mexido, claro). A questão continua sendo uma só... os olhos não veem outra coisa ou a mente não pensa de outra forma...a não ser no que tenho dentro de mim.

Hoje em dia é até besta a gente comentar esse tipo de coisa. As pessoas veem como "ai, que coisa demodê". Caguei para vocês que veem um amor enorme desse jeito. Sim, cagueeeei! Lá na frente, na hora do "vamo ver", é que quem não consegue cultivar isso dentro de si da melhor e mais pura forma, vai ver o que é a real. E para isso não precisamos ser zilhões de Nostradamus não. As pessoas trocam umas pelas outras deixando dor para todo lado. Humilham, esquecem que aquela pessoa que ficou ali, quieta, parada, pode estar com uma dor monstra. Em silêncio... Estas pessoas um dia vão ter que ver e sentir o outro lado da moeda...é justo que isso aconteça! Já topei com algumas na minha vida...daquelas que dilaceram. É péssimo, de cadeira eu comento.

Mas o que me importa hoje é o amor que carrego aqui dentro. Enorme...imenso..intenso..saudável...modificado...forte...sincero...singelo...gentil e apaixonadamente apaixonado. Ele que, neste momento, me importa...me dá energia. Só ele...porque eu sou realmente feita de amor...de carinho...de atenção...de preocupação...de cuidados...Eu sou feita do que Deus me permite ser feita...de amor..tão somente...

Enfim, desabafo de manhã de sábado...

Inté folks....

0 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

Fernanda Young é cool...




Sabe qual é meu sonho secreto? Que um dia você perceba que poderia ter aproveitado melhor a minha companhia. Que um dia imagine o quanto teria sido ótimo estar ao meu lado, mesmo quando eu estava gripada. No entanto, sei que você está a cada dia que passa mais fugidio. E eu me limito a me surpreender com as circunstâncias da vida.Que me levaram a viver esse papel: o da mulher que quer mais um pouquinho. Constrange-me existir esse personagem Chico Buarque, dolorida, bonita, sendo assim, meio tonta, meio insistente, até meio chata.

Nunca precisei aborrecer ninguém antes, então atuo por instinto, cansando-me facilmente. E que fique claro que não é por estar você dessa forma, tão esquivo, que o desejo tanto. Desejo-o porque desejo. Estúpida. Latina. Bethânia. Ainda creio que você, quando eu menos esperar, possa me chegar com um verso em atitude.

Fernanda Young

4 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

Batendo em cartas marcadas



É aquela velha história: você usa o dia das mães pra falar delas, o dia dos pais pra falar deles, o das crianças pra dar presentes e não podia ser diferente com o dia do amigo. Sempre coloco fotos, coisas tocantes para algumas pessoinhas que amo (mesmo que não fale ou não veja tem um tempo). Hoje eu to "tocada"...então não vou citar nomes..até porque vocês que são meus amores amigos, sabem que o são!

Amizade pra mim é um monte de coisa junta e misturada. É amor, colo, dengo, esporro, sentimento, afago, almoços, jantares, bares, discussões acaloradas, silêncio, entendimento de pensamento...é tudo isso junto...e misturado! Ser amigo de alguém me diz tanto, me comove tanto por tantas vezes. Me traz de volta à uma realidade que me dá aquele tapa na cara e me lembra "Ei idiota...seus amigos te amam". Sim, me amam. E eu os amo..na mesmíssima intensidade. Sem rapapés (é assim que se escreve isso?). Sem puxação de saco. Pra que? Você tem o de mais importante naquela pessoa: seu amor. Pra que puxar saco, falar que tá certo quando na real, você SABE que não está. É por isso que amo os meus...falam com apelidos "Naninha", "Bb", "Dri", "Drips" ...mas são verborrágicos. Até fico puta com eles e posso mesmo não concordar (como em várias vezes isso acontece), mas são eles! Deus, eles tem o direito do céu e da terra em cima de mim de falar, opinar, colocar o dedo na minha cara. Até porque faço isso com todos eles...

E amizade no amor? É tudo..quando você consegue essa junção de amar, gozar, rir e compartilhar com aquela pessoa que você escolheu...ooo Deus.. Obrigada por eu ter conseguido isto. É prazeroso, é ameaçadoramente lindo pra sua alma...

Enfim, amém a Deus pelos meus POUCOS AMIGOS que me foram dados pelo Universo numa conjunção ímpar de amor, respeito e fidelidade. Obrigada a todos vocês poucos que me aguentam e que me ouvem...falando besteira ou chorando, mas me ouvem. Amo vocês poucos!






0 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

Coisas que eu não entendo...


Existem coisas que eu não consigo entender. Como , por exemplo, ainda não tive grana para escrever meu primeiro livro. Ou ainda, como eu consigo viver sem carro. Ou ainda, como algumas pessoas sem capacidade alguma pra nada conseguem sobreviver nesse mundo em cima de falsidade e movimentos negros. Coisas que eu não entendo...Mas existe uma coisa que eu menos entendo: atitudes repentinas. Como não as espero, eu me choco. Fico ali olhando, absorvendo, vendo o que pode acontecer do "repentino".

Não ando sabendo me expressar. Talvez por pura falta de raciocínio. Deve ser isso. Mas queria muito que o Universo se abrisse e como num sorteio de Silvio Santos (que a gente joga as cartas pra cima), as respostas pro que eu não entendo fossem caindo, uma a uma. Sem mais delongas. Minha vida não pode parar..deve desenvolver-se sempre. E estou em uma parada repentina...sem muitas saídas urgentes. A não ser que eu passe por cima de mim mesma e consiga transpor tudo que está a minha frente. Péééém. Não sou essa fortaleza toda.

E esta música é a minha cara agora...Relicário...Nando Reis

É uma índia com um colar
A tarde linda que não quer se pôr
Dançam as ilhas sobre o mar
Sua cartilha tem o a de que cor
O que está acontecendo
O mundo está ao contrário e ninguém reparou
O que está acontecendo
Eu estava em paz quando você chegou

E são dois cílios em pleno ar
Atrás do filho vem o pai e o avô
Como um gatilho sem disparar
Você invade mais um lugar
Onde eu não vou
O que você está fazendo
Milhões de vasos sem nenhuma flor
O que você está fazendo
Um relicário imenso desse amor

Corre a lua, porque longe vai
Sobe o dia tão vertical
O horizonte anuncia com o seu vitral
Que eu trocaria a eternidade por esta noite
Porque está amanhecendo
Peço ao contrário, ver o sol se pôr
Porque está amanhecendo
Se eu não vou beijar seus lábios quando você se for

Quem nesse mundo faz o que há durar
Dura a semente dura o futuro amor
Eu sou a chuva pra você secar
Pelo zunido das suas asas você me falou
O que você está dizendo
Milhões de frases sem nenhuma cor
O que você está dizendo
Um relicário imenso desse amor

O que você está dizendo
O que você está fazendo
Porque que está fazendo assim


0 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

O mais curioso...

As coisas mais curiosas são as que acontecem do nada e você , de repente, se lembra... Semana passada de manhã, em um ônibus, indo para uma reunião em Salvador, eu comentei sobre essa música aí embaixo. Disse que era linda, mas que eu não tinha razão para cantá-la...Não "tinha"... De Daniela Mercury apesar de ser Tânia Mara... Não achei o video de Daniela. Mas vale..é linda!

Já não tenho medo mais ..de falar do meu amor
Das coisas que não fiz mas pensei
Dos sonhos que ainda estão em mim
Eu queria dessa vez
Viver um novo tempo de paixão
Não duvidar que um dia eu te amei
Acreditar até o fim
Mas você chega e diz
Pra não te procurar
Na mesma esquina, no mesmo olhar
Será que eu perdi você
Ou você já não está em mim


0 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!: