A aliança




Jim: Nunca te falei isso, mas este anel é a coisa mais feia que vi na vida

Steph: Não! Eu amo esta aliança

Jim: Não! Quando eu comprei era um artista que estava começando

O anel que eu podia comprar era o menor e o mais feio.

Steph: Jim, ele não é feio

Jim: E quando te dei, eu sentei perto de você te pedi em casamento. Você olhou para a aliança e falou “ É a coisa mais linda que já vi” . E naquele momento, eu soube que você era a garota certa. E toda vez que o vejo em seu dedo, sei que me ama pelo que realmente sou. E eu te amo por você ver beleza nas coisas comuns.


Trecho do 3º episódio de " No Ordinary Family".... sem mais comentários...Desculpem, este é um momento de " Tá meio doido o texto não é? Mas eu entendi perfeitamente..."

1 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

Lembrando



Quando dá meio dia aqui no Rio, eu lembro de ligar a TV para ver Vale Tudo. Grande novela, grandes diálogos. Não interrompo meu trabalho, mas lembro de vez ou outra, dar uma olhadinha na tela. E hoje rolou uma cena que me transportou completamente ao passado...bem remoto, mas me transportou. Um casal é desfeito porque rola uma morte. Gente, foi tocante (sim, a Adriana é beeesta que dá dó com cenas românticas). E isso me transportou à uma situação que me amedrontou nessa coisa de morte : será que vou perder meu amor?

Tem anos... eu vivi uma relação muito complicada, que nem sei dizer se era uma relação. Acho que não chegou a ser. Mas durou 2 anos. Por várias vezes tive medo de perder a pessoa por um problema de saúde. Eu lutava junto porque não queria pensar que não tentei de tudo para que a pessoa ficasse bem. Foram vários sustos, quando sabia, tinha acabado de sair de um hospital pelas madrugadas paulistas e assim foi meu tempo em Sampa. Muito delicado, dolorido e pensativo. O que eu poderia fazer além do que já fazia para proteger, cuidar, dar carinho e amor? Nada! É uma coisa estranha, que tira nosso equilíbrio completamente: o medo de perder... não para o mundo, mas para Deus. E a gente “perde” algo para Deus? Claro que não! Veja a coisa ilógica da história!

E parei para pensar: como saúde e uma linha fina de vida na pessoa que amamos, fragiliza a gente ne? Completamente...me sentia perdida, sem forças para revirar o quadro todo e conseguir dar um sorriso mais confiante aquela pessoa. É interessante observar que existem pessoas , como eu, que quando se entregam a um amor que toma, conseguem se desprender de tudo para tentar ajudar a pessoa a ser feliz... será esse mesmo o caminho correto? Fica a pergunta...já não sei...


1 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

Soco no estômago...



Sim, to aqui trabalhando desde cedinho e ouvindo certos álbuns com mais detalhes... e agora é hora de Vanessa da Mata. Tinha que postar essa letra aqui... Posso falar um palavrão? Ou melhor , dois? Me perdoem, mas fechem os olhos: CARALHO, PUTA QUE O PARIU!


Não fale mais
Leve o que é seu e só

Que o sol já vem
E com ele outro dia

Se descobrir
Vá crescer
Entender e saber
O que quer, quem você quer.
Não me faça mais chorar
Como se eu fosse nada
Para o ego do meu bem
Quantas você tem
Quantas você faz sofrer
Seduzindo o mundo
Quantas ficam ao seu bel-prazer
Cresça
Me deixe em paz
Mesmo que eu sofra mais
Agora tudo é seu
Amanhã serei bem mais feliz

Se descobrir
Vá crescer
Entender e saber
O que quer, quem você quer.
Não me faça mais chorar
Como se eu fosse nada
Para o ego do meu bem
Quantas você tem
Quantas você faz sofrer
Seduzindo o mundo
Quantas ficam ao seu bel-prazer
Preciso ser mais forte
Para não voltar atrás
Aliviando o desespero
Para adiar o sofrimento
Cresça
Me deixe em paz
Mesmo que doa mais
Agora tudo é seu
Amanhã serei bem mais feliz


1 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

Doc House é o que há!



Se tem uma coisa na qual me pareço DEMAIS com House, é a falta dele de paciência com quem fala sem ter sido procurado. É um traço que super me identifico. Existem situações na vida da gente, que acontecem sem você esperar . Vem de repente, decepa alguma coisa que você não esperava perder (será que tinha?), whatever... O fato é que sempre existem dois lados da moeda. E como toda relação normal humana, o lado de lá tem X amigos...o lado de cá tem Y amigos. Sabe o que não lido nada bem? Com opiniões da turma X! Sim, eu tenho vários Y's.

Opiniões só são mega bem vindas quando a gente pede, a gente quer ouvir a idéia daquela pessoa. Fora isso, eu consigo rejeitar. Ainda mais quando vem com imposições do tido "acho legal você fazer isso".

Existe uma linha muito tênue entre o que está rolando mesmo no coração de cada pessoa (envolvida em uma situação de dois), só estas duas almas sabem, compreendem e se confudem (ou não). O fato é que é muito dificil uma pessoa que não tem a mínima e remota intimidade com o que você pensa ou sente, entender o que se passa dentro de sua cabeça. É muito dificil... infelizmente, porque quando a ajuda ou a opinião vem pelo simples fato de fazer bem, acaba tomando e causando outra coisa: irritação!

É sempre bom tomarmos cuidado com isso...porque por vezes querendo ajudar, você estrepa mais a situação. Pelo simples fato de saber e ter a ABSOLUTA certeza, que não é bem da maneira que foi falado... qual a realidade de cada ser humano? Ninguém sabe...e a cada dia que tenho passado e vivido de um tempo para cá, vejo mais detalhadamente isso.

That's all folks! #FICAADICA!

3 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

Uma casinha, um jardim, alguns cachorros ...



Sim eu amo os Muppets. Sempre vocês acabam encontrando alguns deles por aqui. Fato! Esse casalzinho, Caco e Piggy, representa muito pra mim. De domingo pra cá, ando introspectiva, pensativa, procurando alguns caminhos. Acho que eles estão chegando...ou ainda demoram, não sei ao certo. O fato é que ando intensamente introspectiva. Não sei quero pensar o que ando pensando, mas hoje certas coisas que vieram atropeladas, estão fazendo uma diferença imensa. Coisas que na hora pesaram, claro...mas agora estão pesando uma tonelada. Como se tudo viesse à sua cabeça numa roda gigante. E você que pensava que já tinha passado...não, estava brincando de esconde-esconde contigo, bobinha!

Há bem pouco tempo eu queria uma casa, cachorros (mesmo que eu fosse obrigada a ter um gato também) e um jardim. Verdinho, verdinho. Daqueles que dá gosto de você sentar para ler um livro, ouvir uma música ou só ficar olhando o céu. Sempre tive sonhos muito simples, fáceis de se realizar. Sempre... Hoje recomeço a formatá-los e , se possível for, criar novos!

Cest la vie! Não dá pra fugir dela...a não ser compreende-la da melhor forma...e vivê-la!

4 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!:

Então...fugir pra quê?



Hoje o pôr-do-sol me fez lembrar você
O céu vermelho no horizonte
Meu pensamento voa longe
O menino mais bonito que me apareceu
Você me olha desse jeito
E eu me sinto tão sem jeito

Vem brincar de amor comigo
Vem correndo dar um beijo
Teu desejo é meu desejo

Então, fugir pra quê?
Do amor ninguém se esconde
Esqueça o medo e vem comigo


Viva esse amor de uma vez
Procure entender
Não sei disfarçar a saudade
Não temos tempo a perder
Nem muito a dizer
O amor é mais forte

Luciana Mello


6 Pode comentar aqui e surtar junto comigo!: